quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

Educação Doméstica - Estórias de 21 Famílias

Se queres saber porquê que certas famílias decidem educar os filhos em casa e como é que o homeschooling funciona na prática então irás gostar de ler este livro. Em Real Life Homeschooling, a autora Rhonda Barfield apresenta 21 estórias que revelam a diversidade fascinante e actual da educação em casa.

E se já fazes o ensino doméstico mas às vezes tens a sensação de que és a única família monoparental, afro-americana, com problemas de saúde, etc., a educar os filhos em casa então este livro também é para ti.

Diz-nos a autora na introdução: "Como eu praticava o homeschooling, imaginava que a maioria das outras famílias que fazem esta opção tivessem estilos de vida semelhantes ao meu. Mas não. Ao entrevistar famílias por todo o país, fiquei surpreendida ao descobrir a enorme variedade de estilos de vida e filosofias educacionais."

Real-Life Homeschooling
não é um manual do estilo “faça você mesmo”. É uma coleção de 21 estórias que ilustram a diversidade existente em estilos de vida, de famílias, filosofia e visão de mundo, métodos de ensino e objetivos desejados. Como a autora explica: "o objetivo, ao escrever este livro, foi simplesmente demonstrar a interessante variedade de pessoas que opta pelo ensino doméstico."

O livro usa o mesmo formato para introduzir o leitor a cada família, começando com uma foto e algumas informações pessoais (idade dos filhos, local de residência, etc.). O autor de cada estória partilha a sua lista de recursos favoritos, os melhores e piores conselhos que receberam quando começaram a fazer o ensino domiciliar e as suas citações favoritas. Segue-se então a descrição detalhada da vida cotidiana em família e da estrutura do homeschooling, suas filosofias educacionais e o seu percurso.

Exemplos da diversidade representada no livro incluem: 3 famílias com filhos únicos e 2 com 11 filhos; 1 família em que a mãe, a principal encarregada de educação, é cega; 1 família com uma criança com Síndrome de Down; 1 família educando os filhos na Ilha de Kwajalein e outra no Alasca; famílias em que os pais estabelecem parcerias com o sistema de ensino e/ou cujos filhos participam em actividades na escola e famílias que decidem manter sua autonomia; 1 pai que foi preso por optar pelo homeschooling; famílias que seguem uma abordagem estruturada baseada num currículo e famílias que adoptam o unschooling, em que a aprendizagem é direcionada pela criança; famílias de várias religiões e nacionalidades; famílias monoparentais, com filhos adotivos e com netos; e assim por diante...
Fonte: Aprender Sem Escola

Sem comentários:

Enviar um comentário